segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Greve 2011 - Integração com a Sociedade Civil


Olá Beatriz.
Quero trazer uma leitura que talvez possa ajudar no movimento.
Avalio que o movimento está no seu "ponto médio" se consideramos o tempo médio histórico das greves da categoria. o que significa que as dificuldades individuais começarão agora, cortes de salários, suspensão de direitos etc... O que quero  dizer  é que o governo, sabendo disso, deve iniciar  estratégias para nos vencer pelo cansaço, usando contrainformações direcionadas aos pais e alunos na intenção de colocá-los contra nós e tornar o nosso movimento antipatizado pela sociedade. 
Acredito que o Sindicato está atento a isso mas mesmo assim  sugiro   algumas estratégias:
. Nacionalizar o movimento, unificando a luta com os demais Estados em greve e fazer pressão no congresso nacional.
. Fazer contatos e mais que isso, convidar sindicatos e instituições internacionais a apoiarem nossa luta com demonstrações públicas, comunicados na mídia e intervenções junto ao congresso nacional, governo estadual e central.
. Estabelecer uma comunicação com os pais e alunos via mídia, email, etc... no sentido de esclarecê-los sobre o movimento, combatendo a contrainformação do governo e comprovando  nossa situação, inclusive publicando contracheques.
 É preciso que o movimento tenha o apoio da sociedade e para isso o canal são os pais e alunos. Historicamente interagimos pouco com os pais e isso se percebe na comunicação e estratégias do Sindicato. Sugiro uma estratégia específica de comunicação sistemática e esclarecimento inclusive pela mídia, voltada para alunos e pais.
Entendo que, se conseguirmos o apoio deste segmento  alcançaremos o apoio social, justamente o que os governos mais temem.
Grato!
Prof. Westerley

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para facilitar, você pode postar como anônimo e se não se importar identifique-se (Texto com até 4096 caracteres)

Olavo de Carvalho

Loading...

Sergio Cortella

Loading...